sexta-feira, 29 de maio de 2009

Pessoa e as Valsas

Súbito toda a água do mar do porto é transparente
E vejo no fundo, como uma estampa enorme que lá estivesse desdobrada,
Esta paisagem toda, renque de árvores, estrada a arder em aquele porto,
E a sombra duma nau mais antiga que o porto que passa
Entre o meu sonho do porto e o meu ver esta paisagem
E chega ao pé de mim, e entra por mim dentro,
E passa para o outro lado da minha alma...
Fernando Pessoa

Ora, vejam! Fernando Pessoa, o poeta, em Lisboa, lê As Valsas Invisíveis!
Gostará ele dos versos?

12 comentários:

Paula disse...

Olá!!
Quando vi a imagem foi inevitável o sorriso :)
Claro que ele gosta dos versos das Valsas...com toda a certeza!!

Abraços

Dani Santos disse...

gostará! com certeza, não passará imune às palavras de sensibilidade grande que valsam por aí, no nascer e findar do dia, feito doces melodias, quem sabe feitas de açucar.

Adorei a foto... que ventos bons soprem mundos daí.

Abraço grande.

Marina disse...

Hehehe! Gente fina, a pessoa do Fernando. Com certeza, ele deve ter gostado dos versos.

Maggie disse...

É capaz de gostar! Fernando Pessoa era um poeta de alma imensa, inigualável e que amava a poesia!

Já vi que desfrutou bastante destas terras de aquém mar, poeta viajante.

Bjs

Äмbзr Gïrℓ ⅞ disse...

"Tudo é verdade e caminho"

Pessoa sobre 'as valsas invisíveis'.


huahuahuahuhua.

valeu, esse post!!!

Blog Suicide Virgin

Neotenia disse...

Impossível não sorrir com essa foto...rsrs!

Impossível não gostar de Valsas Invisíveis...rsrs!

Hortência Caravante disse...

Com certeza ele gostou... ^^ e há de não gostar?

hehehe

Foto fofa viu...

Bjos

Maggie disse...

Gostava de saber se é possível encontrar as "Valsas Invisíveis" à venda em Portugal? É que estou curiosa!

Abraço deste lado do Atlântico

Ana Raquel disse...

Que saudades desse teu canto!
E que bela imagem!
Sorrisos surgiram aqui.Amo Fernando Pessoa e Eduardo Trindade também,o conhece?
Dizem que Pessoa passou a lê-lo por esses dias... rsrs


Ah!!Adorei as coicidências que encontraste lá pelas minhas bandas...

Abraços poeta!

Meire disse...

hehe

isolano disse...

:-)

Pessoa tinha bom gosto... :-)

Marta disse...

Ah, Eduardo, agora o meu sorriso foi longe!

Asseguro que sim!

É um livro que nunca se termina de ler...eu ainda estou saboreando!

Em breve, direi o quanto :)

beijo enorme