sábado, 25 de abril de 2009

Cores de Abril

Flores na sacada

emoldurando a janela.


Tempo de cuidar das plantas.


Nova terra, água fresca,

tesoura de poda,

caminho aberto para os ramos

que vêm a caminho.


Terra nova

para a planta dos pés,

caminhar jubiloso

ao vento fresco.


Renovação:

é dia de sair à rua

com um cravo na lapela.



(Hoje, 25 de abril, nasceu minha sobrinha Sabrina. Nome de fada e dia de cravos.)


Eduardo Trindade

16 comentários:

Paula disse...

Parabéns ao tio pela Sabrina, muitos parabéns à familia e muitas felicidades...

Natália Macedo disse...

Vai descobrir as delícias de Sabrina!Digo por mim,João Pedro é meu Sol!!Um abração,querido!!

Maggie disse...

Em primeiro lugar, os meus parabéns pela sua sobrinha. Também tenho um David pequenino e lindo, é o orgulho da tia :)
Quanto ao blog, descobri-o através do "Viajar pela Leitura" e quero felicitá-lo, pelo blog e por este poema. É uma sensação incrível ver que alguém do outro lado do Atlântico faz uma homenagem tão bonita ao nosso dia da liberdade. Obrigada!
De resto, felicidades para o blog e continue a escrever!

Pierrot disse...

Parabéns meu carooo....
mt bom o blog. se quiser ler um blog e ver o qt o seu é legal e superior faz uma visitinha aew flw?kkkkkkkkk
forte abraço

Andréia Alves Pires disse...

que bonito. que a sabrina seja muito bem recebida por essas terras. :D bjo, bjo.

Magna Santos disse...

É a primeira vez que venho aqui e sabe de uma coisa? Depois desse conto com mãe e filha com nome de flor, dessa cartola lindamente vermelha, da menina serelepe e do dia de cravos...ah, não tinha melhor ocasião para Sabrina nascer.
Que seja muito feliz!
Parabéns!
Abraço.
Magna

Michelle Müller disse...

amigo parabéns pela chegada de Sabrina!! Guria de sorte essa, já chega ao mundo ganhando nome de fada e poesia do tio poeta!! Affffff que promessa de vida feliz tem essa pequena!!
constelação de estrelinhas para todos vocês...

Dani Santos disse...

palavras e ventos que trazem notícias de dias felizes. viva a Sabrina,que a magia das flores e dos verbos sempre estejam a tocar seus caminhos.
E que os ventos sempre tragam cheiros de cravos e alecrins para cá.

Abraço forte e carinhoso

Paula disse...

Olá, tem um prémio lá no blog. Atenção, está no canto inferior esquerdo ;)

Marta disse...

Parabéns tio!
Parabéns Sabrina!

Parabéns POETA!


beijo, querido Eduardo!

Gaby Soncini disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Gaby Soncini disse...

Que linda sua poesia Eduardo.

E parabéns Sabrina que sua vida seja uma poesia sempre !!!

Grande beijo.

Whesley Fagliari dos Santos disse...

Olá Eduardo,

Obrigado por suas palavras tão carinhosas lá no Sofia, viu? Com o coração mesmo...

Passei por aqui e gostei imensamente do que vi... Voltarei assim que puder, com certeza!

Parabéns pelo poema! Parabéns pela sobrinha! Que ela traga muita luz a tudo!

Com apreço,
Whesley

Luísa disse...

Parabéns ao tio e muitas felicidades à menina!
Beijinho terno!

Fernanda Acioly disse...

Se aplica para mim o poema.
Eu só mudaria o título,
para Maio, afinal estamos quase lá.

:D

Marina disse...

Lindo nome, lindo poema. Que a vida de Sabrina também seja linda.

Beijos!