domingo, 20 de setembro de 2009

Há uma saudade

Há uma saudade que enternece e outra que entristece,
uma que convida à ação e outra que nos deixa sem ação.

Que sentido temos dado às nossas ausências?



Eduardo Trindade

5 comentários:

Meire disse...

"Você é a saudade que eu gosto de ter" (8)

Gabi disse...

Eduardo, obrigada pela sua visita. é sempre bom conhecer quem partilhe a paixão por Saramago. e além disso você tem um blog maravilhoso, vou começar a seguir. Parabéns.

Thalita, disse...

Uma é falta, a outra é saudade.

Mas tudo dói.

Andréa Amaral disse...

Você consegue com poucas e certas palavras, sintetizar toda uma história, uma emoção e várias saudades. Isso é ser poeta. Parabéns. Adorei.

Marta disse...

Eduardo, querido amigo:

pára de fazer perguntas difíceis!!!!!!!!!!!!!!!


SAUDAdes tuas e de vir aqui :)

faltava acção às minhas saudades...vir aqui:)

mas as saudades dos AMIGOS suportam-se muito melhor do que as outras...

beijo e um abraço, deste lado do mar