domingo, 22 de junho de 2008

Ave de Arribação


Gosto de deixar a interpretação das minhas obras a cargo de quem as observa. Neste caso, o título é uma pista, chamando a atenção para a ave que paira sobre a cena. Sendo de arribação, ela alçou vôo vinda do solo; as cores também mostram isso, com o tom da ave "pertencendo" à paisagem de tons quentes. Tons quentes, mas entre os quais só se vê as pequenas formigas. O que terá levado a ave a querer sublimar este espaço?

4 comentários:

M. [doc] B. disse...

É você que faz os quadros?

M. [doc] B. disse...

Esse quadro me faz ir um pouco mais além.
Invés de aves, quantos de nós ''arribamos'' em busca de melhores oportunidades?

Devaneios na madrugada... disse...

Nossa.. que belo quadro, acho que ela está atrás de algo melhor.. bom.. como nós! Sei lá, não sou muito boa em interpretar quadros..rs!

Obrigada por me visitar, vou te postar lá ok? BEIJO

anacaxi disse...

obrigada pela, óh!:)
gostei de seus quadros.

pra mim as aves de arribação sempre representam fuga.
você cita das cores quentes onde estão as formigas, talvez as aves estejam fugindo desse calor que dá uma sensação de aridez, para as cores frias: o céu, onde a sensação é de liberdade e calmaria.
seu quadro me lembrou um livro " aves de arribação" do antonio sales. :D

"o noivo e a amante tinham-se ido em busca de climas mais amenos e propícios, fugindo de plaga em plaga, como aves de arribação".

um bom restinho de semana, moço.