quinta-feira, 19 de março de 2015

O relojoeiro

Tudo que queria

(e o que precisava
para ser feliz)

era esquecer
de cuidar as horas.